Vitaminas.com.vc

Vitamina D para evitar o novo coronavírus? Entenda



O Vitaminas.com.vc sempre fala sobre os poderes dos nutrientes e das plantas medicinais (quando combinados com bons hábitos de vida) para contribuir com a nossa saúde e as nossas defesas naturais.

Não poderia ser diferente em tempos de coronavírus.

Em janeiro, quando o vírus Sars-Cov-2, causador da doença COVID-19, nem havia aterrorizado por aqui, o médico e maior pesquisador da vitamina D3 que nós temos, Dr. Cícero Coimbra, alertou que esse hormônio poderia ajudar a preparar nosso sistema imunológico para enfrentar a pandemia que estava por vir — e que vem ceifando vidas em todo o mundo.

Em nenhum momento ele falou sobre cura. Dr. Cícero explicou como essa vitamina, produzida após o contato do sol com a pele, pode ajudar a despertar a nossa imunidade. E fazer com que os nossos agentes de defesa estejam mais preparados para atacar invasores, seja um vírus, um germe ou uma bactéria.

A colocação de Dr. Cícero Coimbra, neurologista, pesquisador da Unifesp e autoridade mundial no assunto, foi taxada de “fake news”. Rótulo pregado até mesmo por instituições governamentais.

Só que apenas 60 dias depois dessa declaração do Dr. Coimbra, os jornais noticiaram que dois médicos italianos estão avaliando os impactos da deficiência de vitamina D na saúde dos pacientes com coronavírus.

Na pesquisa, os autores defendem que o acesso a níveis adequados de vitamina D3 são tão importantes como as medidas de higiene e proteção que já vêm sendo tomadas.

Fonte: La Repubblica

O estudo, assinado pelo Dr. Giancarlo Isaia e Dr. Enzo Medico, propõe que a vitamina D3 não é a cura para essa doença tão desconhecida, mas pode ser uma ferramenta aliada para seu combate e também para auxiliar na redução dos fatores de risco, como hipertensão e diabetes, que aumentam a vulnerabilidade.

Por isso, os médicos italianos ainda destacam que pessoas já infectadas pelo COVID-19, seus familiares, profissionais de saúde, idosos e todos que não se expõem adequadamente à luz do sol, devem, sim, suplementar a vitamina D3 com acompanhamento médico.

Isso porque já existem evidências científicas embasando que a vitamina D pode contribuir para a redução do risco de infecções respiratórias de origem viral.

Além disso, conforme sugerem os autores, o nutriente poderia auxiliar até na neutralização dos danos nos pulmões causados ​​pela hiperinflamação que a doença provoca.

Diante dos últimos fatos, a Associação Dietética Britânica (BDA) já colocou entre as suas recomendações contra o coronavírus que a população busque suplementar vitamina D3, especialmente nas estações sem sol. A temporada de inverno se encerrou na Europa no último dia 20 de março.

As autoridades britânicas sugerem a suplementação de 400 UI de vitamina D por dia.

É uma dose baixa, de acordo com as explicações do Dr. Cícero Coimbra, mas já sinaliza uma mudança de paradigmas.

Para os maiores nomes em saúde integrativa do Brasil, é impossível alcançar bons níveis de vitamina D apenas com essa dose.

Para eles, a indicação média de dosagem é 5 a 10 mil UI por dia, sempre com respaldo de um profissional de saúde.

grupo tomando sol

Se exponha ao sol sempre que possível

Também por isso, sempre que possível, se exponha à luz solar com braços e pernas descobertas por pelo menos 20 minutos, sem filtro solar. É a forma mais eficiente de produzir esse hormônio.

Todas as células do corpo têm receptores para vitamina D, então você só tem a ganhar com esse hábito.

Outra estratégia que sugerimos que você adote é dosar os seus níveis sanguíneos do nutriente.

Embora digam que valores acima de 20 ng/mL são aceitáveis, para passar o outono e o inverno com o organismo mais fortalecido contra doenças respiratórias é importante estar com níveis sanguíneos acima de 50 ng/mL.

É urgente que você discuta isso com seu médico de confiança.

Vitamina D3 nunca foi ou será uma fake news.

Fontes:

Coronavirus, studio dell’Università di Torino: assumere più vitamina D per ridurre il rischio di contagio

COVID-19 / Coronavirus – Advice for the General Public

Vitamin D supplementation to prevent acute respiratory tract infections: systematic review and meta-analysis of individual participant data

Vitamin D Supplementation Could Prevent and Treat Influenza, Coronavirus, and Pneumonia Infections