Vitaminas.com.vc

O que o ronco tem a ver com o seu desempenho sexual?



Passar o dia bocejando é apenas a ponta do iceberg da enxurrada de malefícios que a falta de sono pode causar.

Maior risco de diabetes, pressão alta, imunidade baixa e até Alzheimer podem estar escondidos sob essa montanha de gelo que pisoteia a sua vitalidade.

Mesmo com tantos alertas feitos pela ciência, há quem, ainda assim, prefira torcer o nariz e ignorá-los, já que parecem perigos um pouco distantes. 

Mas e se dissermos que os males trazidos pelas noites mal dormidas envolvem a virilidade masculina e colocam em xeque a potência sexual? 

Será que, assim, todo mundo levaria a importância do sono mais a sério? Pois é justamente para esse ponto que queremos acender o sinal de alerta hoje.

É que, segundo cientistas da renomada Harvard Medical School, nos Estados Unidos, a insônia é considerada um fator de risco relacionado à disfunção sexual junto com doenças cardiovasculares, diabetes e depressão.

A explicação mais provável para esse mecanismo é a diminuição no nível de testosterona, cuja produção ocorre ao longo do dia, começa a aumentar no início do sono e atinge seu pico durante o sono REM, o mais profundo. 

E, enquanto a ala masculina se diverte assistindo programas de futebol até altas horas, prorrogando o sagrado momento de descanso, os níveis de testosterona despencam e isso só será percebido quando quiserem usufruir dos seus benefícios, se é que nos entende.

Traduzindo em números, pode-se dizer que homens que dormem menos de cinco horas por noite têm os níveis de testosterona reduzidos de 10% a 15%. Um valor bastante significativo apontado por um estudo feito pela Universidade de Chicago, nos Estados Unidos. 

Foto remete à impotência sexual

Queremos estender essa preocupação também àqueles que sofrem com apneia do sono, marcada por roncos e interrupções na passagem de ar durante as horas de descanso. 

Uma pesquisa conduzida pelo Hospital Universitari Santa Maria, na Espanha, mostrou que cerca de metade das pessoas com apneia do sono também apresentam disfunção erétil. 

E essa estreita relação pode estar relacionada à própria queda dos níveis de testosterona no organismo, já que a apneia também priva o sono; e à restrição de oxigênio causada pelos repetidos episódios de obstrução das vias respiratórias. 

E o oxigênio, meu caro, também tem um papel muito importante nas ereções saudáveis. 

O que eu faço agora?

Muitos homens tentam resolver a disfunção erétil a todo o custo com pílula azul e mais uma penca de remédios, sem se atentar à raiz do problema ao que, de fato, pode estar comprometendo o seu desempenho entre quatro paredes.

Por isso batemos na tecla de que é sempre preciso avaliar a saúde como um todo, para que o problema não seja atacado de forma superficial. 

Uma vez descoberto que a falta de sono está roubando a sua potência, é preciso compreender o que te mantém com os olhos abertos na calada da noite. Ansiedade? Dores crônicas? Rotina desregrada? 

A partir daí é possível traçar uma linha de tratamento precisa e eficaz. Pode envolver revisão total dos hábitos de sono e da alimentação, além do consumo de chás e suplementos naturais que ajudam no quadro. 

Uma sugestão para você…

Por falar em suplementação, se você chegou no limite e percebeu que não dá mais para empurrar o sono ruim com a barriga, converse com seu médico sobre a possibilidade de suplementar nutrientes que participam do ciclo de produção de melatonina, substância popularmente conhecida como hormônio do sono. 

O Tripto Sense é formulado com substâncias que, de acordo com estudos publicados na Food & Nutrition Research,  fazem parte dessa “cascata” que forma a melatonina – triptofano, zinco, magnésio, ácido fólico, niacina e vitaminas B6 e B12 – e que podem favorecer a qualidade do seu sono.

Foto do suplemento Tripto Sense, do Vitaminas.com.vc

Já a dica que pode apoiar a retomada da  energia e disposição é o Maca Power, suplemento desenvolvido com maca peruana e guaraná em pó.

Maca Power, suplemento do Vitaminas.com.vc

Mas isso não anula a importância de buscar ajuda especializada para tratar seu distúrbio do sono, combinado?  

Indicamos que procure um profissional de saúde natural e integrativa ou, se não tiver a oportunidade de encontrar um, leve essas alternativas ao seu médico de confiança para discutirem abertamente.

Referências bibliográficas: 

  • Cho JW, Duffy JF. Sleep, Sleep Disorders, and Sexual Dysfunction. World J Mens Health. 2019;37(3):261-275. doi:10.5534/wjmh.180045.
  • Leproult R, Van Cauter E. Effect of 1 Week of Sleep Restriction on Testosterone Levels in Young Healthy Men. JAMA. 2011;305(21):2173–2174. doi:10.1001/jama.2011.710.
  • Pascual M, de Batlle J, Barbé F, et al. Erectile dysfunction in obstructive sleep apnea patients: A randomized trial on the effects of Continuous Positive Airway Pressure (CPAP). PLoS One. 2018;13(8):e0201930. Published 2018 Aug 8. doi:10.1371/journal.pone.0201930.
  • Peuhkuri, K., Sihvola, N., & Korpela, R. (2012). Dietary factors and fluctuating levels of melatonin. Food & nutrition research56, 10.3402/fnr.v56i0.17252. https://doi.org/10.3402/fnr.v56i0.17252.