Própolis: um verdadeiro remédio natural



O dado é alarmante. Os antibióticos não estão dando mais conta de tratar doenças comuns. A exposição a esta droga sintética foi tanta que as bactérias tornaram-se ultrarresistentes.

Um relatório sobre o assunto divulgado pelo Reino Unido apontou que, até 2050, a resistência bacteriana pode causar 10 milhões de mortes em todo o mundo.

Não foi somente o uso “caseiro” de antibióticos que causou esta epidemia de bactérias super-resistentes. É importante lembrar que os hospitais, especialmente as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) são grandes focos de utilização exagerada de antibióticos. Tanto que as sepses (nome dado às infecções generalizadas) cresceram mais de 30% nos últimos anos e são responsáveis por mortes fulminantes.

A boa notícia é que, quando a medicina convencional não encontra saída, geralmente a saúde natural aparece com a solução. Não é diferente neste caso, pois um antibiótico natural com 8 letras e benefícios infinitos desponta como uma luz no fim do túnel: própolis.

O que é a própolis?

As abelhas coletam resinas excretadas por algumas espécies de árvores e vegetais e a misturam à cera e à outras secreções. Nesta mistura, forma-se a própolis.

Dentro da colmeia, a substância, riquíssima em aminoácidos, vitaminas e bioflavonóides, é utilizada para eliminar agentes infecciosos e manter o abrigo das abelhas sempre limpo e protegido contra microorganismos. Como o próprio nome diz, em grego, própolis significa “em favor da cidade”.

Não se trata de um modismo. A própolis é um verdadeiro remédio natural e os benefícios são conhecidos há milhares de anos, desde a antiguidade.

Própolis, um antibiótico natural

Recentemente, um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), juntamente a Universidade de São Paulo (USP), avaliou a capacidade antibiótica de amostras da própolis orgânica do Brasil. Eles descobriram que a substância se mostrou eficaz contra micróbios, especialmente as amigdalites. Também na Unicamp, o cientista e farmacêutico Pedro Luis Rosalen descobriu que a própolis pode prevenir cáries, tratar acnes e infecções nas gengivas.

Na Espanha, uma associação científica publicou um estudo que analisou as ações antioxidantes e antimicrobianas da própolis. O resultado foi surpreendente. De acordo com a pesquisa, a substância mostrou ser capaz de impedir o crescimento de fungos e bactérias causadores da cárie dentária, de infecções vaginais e da H. Pylori, uma grande causadora de refluxos, infecções urinárias persistentes, e que está associada ao câncer de estômago e esôfago.

Além disso, o trabalho realizado pela Fundação Elhuyar mostrou que a própolis foi capaz de prevenir doenças como câncer e Alzheimer, graças ao seu alto teor de flavonoides. Viu como a própolis pode ser um poderoso remédio natural?

Mão segurando o extrato de própolis

Própolis: o antibiótico natural

COMO USAR A PRÓPOLIS

No Brasil, encontramos 13 tipos de própolis diferentes, sendo os mais comuns os de coloração marrom e verde, com ou sem álcool. Os aquosos são mais indicados para crianças.

A melhor forma de consumir este antibiótico natural é na forma de extrato, facilmente encontrado em casas de produtos naturais.

Na hora de comprar, escolha marcas confiáveis e verifique a concentração da substância no rótulo. As quantidades podem variar entre 2,5% a 21%, e quanto maior o número, melhor.

De modo geral, a sugestão de consumo para prevenir doenças e fortalecer a imunidade é de 30 gotas diluídas em água ou suco todos os dias.

Que tal colocar a própolis, um verdadeiro remédio natural, no seu dia a dia e ter uma vida livre de doenças? Compartilhe e comente aqui se você gostou da recomendação!