• frete gratis Frete grátis acima de R$400,00
  • em 6x no cartão Em até 6x no cartão de crédito
  • reembolso Reembolso de 100% caso não fique satisfeito

Maca peruana dá energia? Veja 5 bons motivos para conhecer o superalimento



Popularizada nos últimos anos — especialmente por quem gosta de ingredientes naturais para cuidar da saúde —, a maca peruana ganhou status de superalimento por concentrar nutrientes como fibras, ferro, zinco, magnésio, cálcio, vitaminas C, E e do complexo B na sua versão in natura, sendo conhecida por auxiliar na melhora da energia e disposição, no desempenho sexual (de homens e mulheres), no controle da glicemia, entre outras vantagens para a saúde.

Disponível também na forma de cápsulas, está cada vez mais fácil ter acesso a essa raiz proveniente da região dos Andes, que já apelidaram até de “afrodisíaco natural”. Mas como tirar o melhor proveito das propriedades dessa substância? Continue neste artigo para tirar todas as suas dúvidas sobre a maca peruana.

O que é maca peruana?

A maca peruana (Lepidium meyenii) é uma raiz nativa do Peru, mais especificamente da região dos Andes, que estima-se ser cultivada pelos incas há mais de dois mil anos, em altitudes de quase quatro mil metros acima do nível do mar.

Tubérculo bastante semelhante ao rabanete, a maca é utilizada na medicina peruana há séculos e também vem conquistando profissionais da saúde pelas bandas de cá, graças aos seus benefícios cada vez mais comprovados pela ciência.

Para que serve a maca peruana

Antes de conferir os benefícios da maca peruana para homens e mulheres, vale saber que ela é uma planta adaptógena, ou seja, pode se adaptar às necessidades diferentes do organismo dos homens e das mulheres. Veja como ela pode apoiar a saúde:

1. Na hora H

A raiz da maca peruana contém arginina, um aminoácido que auxilia na produção de óxido nítrico no organismo, uma espécie de “gás” que relaxa as veias e artérias e ajuda o sangue a fluir mais facilmente por todo o corpo, inclusive para o pênis e para a vagina. Essa movimentação pode contribuir para a qualidade das ereções e para o aumento da libido (vontade de fazer sexo).

Um estudo italiano publicado no Journal of Andrology mostrou, inclusive, que a suplementação de maca pode auxiliar na melhora de homens que sofrem com a impotência.

Para chegar a essa conclusão, os cientistas dividiram 50 indivíduos em dois grupos: enquanto o primeiro ingeriu 2.400mg de extrato de maca peruana, o segundo teve acesso apenas ao placebo. No final do período de testes, aqueles que suplementaram a substância relataram uma melhora mais significativa no desempenho sexual em 12 semanas em comparação ao grupo que não consumiu a raiz.

Mulheres que sofriam com a disfunção sexual (que envolve falta de libido e dificuldade para atingir o orgasmo) induzida pelo uso de antidepressivos também tiveram acesso à maca peruana em um estudo norte-americano publicado em 2015.

Após tomarem 3.000mg do fitoterápico por 12 semanas, foi observada uma melhora significativa na função sexual e na libido em comparação com o placebo.

2. Energia e humor

Por ser rica em flavonóides — que são compostos antioxidantes que fazem com que essa planta resista à oxidação e mudanças de temperaturas —, a maca pode ser benéfica para a saúde mental.

Um estudo peruano feito com 175 pessoas relatou que tomar 3 gramas diárias de maca peruana vermelha ou preta durante 12 semanas melhorou as pontuações de humor e energia dos participantes que tiveram acesso ao fitoterápico, em comparação com a turma que recebeu apenas placebo.

3. Menopausa e TPM

Tanto a menopausa (e seus sintomas, que incluem excesso de calor e secura vaginal) quanto a TPM estão relacionadas com o desequilíbrio de hormônios.

E como a maca peruana pode auxiliar no reequilíbrio de hormônios importantes, esas queixas podem ser aliviadas com seu uso regular.

Uma pesquisa conduzida na Universidade de Victoria, na Austrália, também demonstrou que o consumo da raiz é capaz de auxiliar no combate à ansiedade e depressão de mulheres na pós-menopausa.

No estudo, mulheres chinesas que enfrentavam essa fase e suplementaram maca peruana relataram melhora desses sintomas que, muitas vezes, acompanham esse período da vida.

4. Saciedade e controle da glicemia

A versão em pó da maca peruana é rica em fibras e, por isso, pode ajudar a diminuir a vontade de beliscar algo a todo o momento e impedir a liberação rápida dos níveis de açúcar no sangue. Isso pode auxiliar na regulação das taxas de glicose e no metabolismo da insulina.

5. Fertilidade

Um estudo coordenado pela Universidad Peruana Cayetano Heredia, no Peru, apontou a influência da maca peruana na fertilidade dos homens. Os pesquisadores recrutaram nove homens com idade entre 24 e 44 anos, que receberam doses da substância durante quatro meses.

Após o período de testes, eles perceberam que a suplementação com maca melhorou a produção e motilidade dos espermatozóides, ou seja, sua capacidade de se moverem, o que pode ajudar a otimizar as chances de fertilizar o óvulo.

Maca peruana emagrece?

A maca peruana em pó pode ser uma aliada no processo de perda de peso porque possui carboidratos complexos que conferem uma sensação de saciedade, o que ajuda a reduzir o apetite. Além disso, traz energia para caprichar nos treinos.

Como tomar maca peruana

Existem duas formas diferentes de consumir a raiz:

Maca peruana em cápsulas

As cápsulas são um método mais seguro de suplementar a maca peruana, pois é possível ter maior acesso às informações do fabricante e à tabela nutricional estampada no rótulo do produto. Assim, fica mais fácil saber sua procedência.

O recomendado é ingerir doses de a partir de 350 mg ao longo do dia. Converse com seu médico ou nutricionista sobre a quantidade mais adequada para o seu caso.

Maca peruana em pó

É possível encontrá-la em casas de produtos naturais e são vendidas a granel. Nesse caso, procure saber muito bem a origem do produto para não haver risco de falsificação.

Em alguns casos, fornecedores mal intencionados podem misturar outras substâncias junto com a maca, o que compromete sua composição e, consequentemente, suas propriedades benéficas para a saúde.

Você pode polvilhar a maca peruana em pó na salada, em caldos, sucos e shakes. A dose diária recomendada é de até 1 colher (sopa) de pó de maca peruana adicionada a alimentos com temperatura ambiente.

Como escolher o melhor suplemento de maca peruana?

Na hora da compra, certifique-se de que está levando para casa um produto que tenha apenas o extrato puro padronizado da maca, sem adulterações. Imagine uma laranja: um bom suplemento de maca peruana deve conter apenas sua “polpa”, sem incluir o bagaço misturado na fórmula.

A principal dica, portanto, é buscar marcas confiáveis no mercado e suspeitar das versões muito baratas.

Além disso, pode ser interessante buscar suplementos alimentares que contenham outros nutrientes em sua composição — e não apenas a maca peruana isolada — para ajudar a turbinar sua ação. Vitaminas A, B5, B9, C, D, E, K, cromo, selênio e zinco são boas pedidas para completar a fórmula.

Efeitos colaterais da maca peruana e contraindicações

Quando consumida nas dosagens corretas, a maca peruana não apresenta efeitos colaterais. Pacientes em tratamento oncológico, grávidas, lactantes e pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes devem falar com seu médico de confiança antes de consumir qualquer suplemento.

Conheça a maca peruana do Vitaminas.com.vc:

O Maca Power é um suplemento alimentar composto por maca peruana e outros nutrientes que podem ajudar a potencializar a sua ação, como o extrato de guaraná, para energia e disposição, um coquetel de vitaminas (A, B5, B9, C, D3, E e K1) e um trio potente de minerais (zinco, cromo e selênio).

Em cada cápsula está somente o extrato puro com o ativo principal da raiz – sem resíduos nem nada que interfira na qualidade do suplemento. Clique para saber mais sobre o Maca Power.

Referências bibliográficas

Gonzales GF, Cordova A, Gonzales C, Chung A, Vega K, Villena A. Lepidium meyenii (Maca) improved semen parameters in adult men. Asian J Androl. 2001 Dec;3(4):301-3. PMID: 11753476.

Zenico T, Cicero AF, Valmorri L, Mercuriali M, Bercovich E. Subjective effects of Lepidium meyenii (Maca) extract on well-being and sexual performances in patients with mild erectile dysfunction: a randomised, double-blind clinical trial. Andrologia. 2009 Apr;41(2):95-9. doi: 10.1111/j.1439-0272.2008.00892.x. PMID: 19260845.

Gonzales-Arimborgo C, Yupanqui I, Montero E, Alarcón-Yaquetto DE, Zevallos-Concha A, Caballero L, Gasco M, Zhao J, Khan IA, Gonzales GF. Acceptability, Safety, and Efficacy of Oral Administration of Extracts of Black or Red Maca (Lepidium meyenii) in Adult Human Subjects: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Study. Pharmaceuticals (Basel). 2016 Aug 18;9(3):49. doi: 10.3390/ph9030049. PMID: 27548190; PMCID: PMC5039502.

Stojanovska L, Law C, Lai B, Chung T, Nelson K, Day S, Apostolopoulos V, Haines C. Maca reduces blood pressure and depression, in a pilot study in postmenopausal women. Climacteric. 2015 Feb;18(1):69-78. doi: 10.3109/13697137.2014.929649. Epub 2014 Aug 7. PMID: 24931003.

Dording, C. M., Schettler, P. J., Dalton, E. D., Parkin, S. R., Walker, R. S., Fehling, K. B., Fava, M., & Mischoulon, D. (2015). A double-blind placebo-controlled trial of maca root as treatment for antidepressant-induced sexual dysfunction in women. Evidence-based complementary and alternative medicine : eCAM, 2015, 949036. https://doi.org/10.1155/2015/949036.