Duas soluções para acabar com as dores musculares e de cabeça



Você sabe qual é o medicamento mais vendido do Brasil? É o Dorflex.

O Vitaminas fez um levantamento sobre os remédios que mais faturaram no país nos últimos 5 anos. Nós descobrimos que o Dorflex movimentou sozinho mais de 507 milhões de reais, de acordo com os últimos dados divulgados pelo setor farmacêutico.

Os números são gigantescos, e a lista de riscos para quem toma esse remédio de forma indiscriminada está escondida no pé do anúncio, em letras bem miúdas.

Para quem nunca leu a bula, o Dorflex é um comprimido combinado que contém o analgésico dipirona, o relaxante muscular orfenadrina e o estimulante cafeína.

Os efeitos colaterais do medicamento vão de alteração da pressão arterial, piora de quadros de gastrite e úlcera, sonolência, secura da boca, diminuição ou aumento dos batimentos cardíacos e palpitações.

Por que o Dorflex vende tanto?

Porque pelo menos 37% dos brasileiros, ou seja, 60 milhões de pessoas, sentem dor de forma crônica – aquela dor que martela por mais de 3 meses e parece não ter solução.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Estudos da Dor (Sbed), as dores de cabeça e nas costas são as que mais afetam a população.

Tem outra coisa importante que você precisa saber sobre o consumo excessivo dessa classe de medicamentos. O uso constante desta droga faz o organismo se adaptar às substâncias, exigindo cada vez mais doses maiores. Com o tempo, o próprio comprimido acaba provocando as dores. É o tal do efeito rebote.

ESTÁ GOSTANDO DESSE ARTIGO?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos e novos produtos!

* Não vamos distribuir seu e-mail

Duas soluções contra as dores musculares e de cabeça

 

1 – Erva baleeira (cordia verbenacea)

Jarra de chá de erva-balleira

Erva-baleeira combate dores musculares

A erva baleeira é uma planta com diversas funções terapêuticas, sendo a sua ação contra a dor a mais famosa delas.

Os efeitos analgésicos e anti-inflamatórios dessa erva já são velhos conhecidos dos profissionais de saúde que praticam medicina natural, e muita gente vem desfrutando desses benefícios por meio do consumo do chá das folhas.

Um estudo realizado aqui no Brasil comprovou que o princípio ativo da erva baleeira em forma de gel se saiu melhor para combater as dores musculares do que um anti-inflamatório medicamentoso para passar na pele (vendido com o nome de diclofenaco dietilamônio).

COMO UTILIZAR: Uma colher de sopa da planta fresca ou uma colher de sobremesa da versão desidratada são suficientes para preparar uma xícara de chá.

Despeje água fervente sobre a planta, tampe e espere 10 minutos. Depois é só coar e beber (sem adoçar) até 3 vezes ao dia. A erva-baleeira é facilmente encontrada em lojas de produtos naturais.

 

2 – Sais de Epsom

Pote com sais de epsom

Magnésio contra dores de cabeça

O sal de epsom é um composto mineral constituído por sulfato de magnésio e possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, e também age como relaxante muscular.

Um artigo feito pelo diretor do Centro de Cefaleias de Nova York, Dr. Alexander Mauskop, publicado no Journal of Neural Transmission, apontou que indivíduos com deficiência de magnésio tendem a ter mais enxaqueca.

Quem sofre da doença sabe que a dor geralmente chega acompanhada de tensões no pescoço, na nuca e nos ombros.

Na publicação científica, o Dr. Mauskop sugere que pessoas que sofrem com cefaleias constantes façam suplementação do mineral.

COMO UTILIZAR: Os sais de epsom são vendidos em sachês em qualquer farmácia e podem ser ingeridos com água. Basta misturar um envelope em 1 litro de água e beber pequenos goles ao longo do dia, não ultrapassando 3 doses.

O restante da solução pode ser guardada na geladeira. Se você notar que o consumo do sal amargo alterou a sua pressão ou causou diarréia, diminua a dose.

Também é possível absorver as propriedades terapêuticas do sais de epsom na água quente da banheira em um banho de imersão ou diluindo o conteúdo do sachê em uma bacia para um escalda-pés relaxante.

 

Gostou das nossas sugestões contra as dores? Deixe seus comentários e compartilhe com seus amigos.