Como fortalecer a imunidade em tempos de coronavírus



O Coronavírus está se espalhando pelo Brasil e está todo mundo preocupado.

Apesar da rapidez com que o vírus avança, nada de pânico.

Existem muitas coisas que podem ser feitas para encarar a COVID-19.

Não se trata apenas de lavar as mãos e usar álcool em gel. Essas recomendações são muito importantes, é claro, mas não atacam a raiz do problema.

A proteção verdadeira está em melhorar a sua imunidade em longo prazo, deixando seu corpo forte para responder ao ataque dos vírus.

O que é o coronavírus?

Os coronavírus (CoV) são uma grande família viral, conhecidos desde os anos 60, e que causam doenças respiratórias moderadas em seres humanos e em animais.

O COVID-19, novo integrante da família, foi descoberto no fim do ano passado na China, como você certamente viu nos jornais.

Por lá, o coronavírus matou 3.217 chineses justamente por evoluir rápido para a síndrome respiratória aguda grave, um tipo pneumonia que pode levar à morte.

Em outras partes do mundo, outras 3.857 pessoas já perderam suas vidas para a COVID-19. E os números não param de ser atualizados.

Os sintomas da doença são febre, tosse e dificuldade para respirar, bem parecidos com os de uma gripe.

E a transmissão, idem: acontece pelo ar ou por contato pessoal com secreções como saliva, espirro, tosse e por meio do contato com superfícies contaminadas.

Fortalecendo os soldados do seu sistema imunológico

Alimentos e vitaminas

Alimentação colorida e diversa ajuda a melhorar a imunidade

Ampliar os sistemas naturais de defesa do seu organismo pode ser uma boa estratégia para te ajudar a combater infecções virais, inclusive por coronavírus.

Essas são as armas que a sua tropa vai precisar:

#1 – Vitamina D

A sua primeira estratégia deve ser corrigir os seus níveis de Vitamina D.

Isso porque a D3 é a chave da imunidade e deixa seu corpo pronto para combater qualquer vírus.

Diversos estudos mostram que o nutriente participa do funcionamento de vários órgãos e sistemas, e que quase todas as células do nosso organismo possuem receptores para ela.

Embora nos digam que valores acima de 20 ng/mL são aceitáveis, para passar longe das doenças respiratórias é importante estar com níveis sanguíneos acima de 50 ng/mL.

A melhor forma de se obter vitamina D – e gratuitamente – é por meio da exposição ao sol por 20 minutos, todos os dias, entre as 10h e 15h, com 80% do corpo descoberto e sem protetor solar.

Peça ao seu médico para fazer um exame de sangue e conferir os seus níveis. Se estiverem abaixo de 50 ng/mL, discuta a possibilidade de suplementar na sua próxima consulta.

#2 – Vitamina A

Além de proteger a saúde da visão, a vitamina A é um ótimo antioxidante, sabia?

O nutriente previne a invasão de microrganismos, aumenta a integridade da pele e das mucosas, reduzindo o risco de infecção e apoia a cicatrização de feridas porque participa da formação do colágeno.

Na alimentação, você encontra vitamina A em cenouras, abóboras, batatas doces, folhas verdes escuras, salmão selvagem do Alasca, ovos orgânicos, laticínios e carne de animais criados a pasto.

Para quem prefere suplementar, a dosagem recomendada pelos estudos é de até 5.000 UI por dia, de preferência com orientação médica.

#3 – Vitamina C

Os estudos mostram que a vitamina C está intimamente envolvida no funcionamento do sistema imunológico. Portanto, manter níveis adequados dela pode colaborar na prevenção ou redução do tempo de doença.

É possível obter vitamina C apostando em alimentos como kiwi, acerola, frutas cítricas, pimentão vermelho, brócolis, couve de Bruxelas, abóbora, mamão, batata doce e tomate.

Quando falamos em suplementação, a dose sugerida é de até 1.000 mg por dia.

Em períodos de doença, a dose precisa ser aumentada. No entanto, a suplementação em altas doses deve ser feita com critério médico pois pode causar diarreia.

casal salada

Comida de verdade turbina a imunidade

Antes de adotar qualquer medida, o primeiro passo é tomar sol sempre que possível e investir em uma alimentação natural e colorida, livre de industrializados.

Dessa forma, sua saúde pode se tornar forte para combater diversos tipos de doenças, e não apenas o coronavírus.

Se esse artigo foi útil para você, compartilhe com seus amigos.

 

Fontes:

Vitamin D supplementation to prevent acute respiratory tract infections: systematic review and meta-analysis of individual participant data

Role of Vitamin A in the Immune System

Vitamin C and Immune Function