Como escolher um bom suplemento de ômega 3?



A Universidade de Harvard tem novidades animadoras para quem busca prevenir doenças cardíacas.

Desde 2010, está em andamento um estudo a respeito da ação do ômega 3 para a saúde de um grupo diverso formado por 25.871 adultos americanos.

A Dra. JoAnn Manson e a Dra. Julie Buring, médicas e cientistas responsáveis pela pesquisa, estão observado o que está acontecendo com a saúde dos participantes que estão tomando uma dose de 1.000 mg de ômega 3 todos os dias (em conjunto com 2.000 UI de Vitamina D).

Elas estão comparando esses efeitos observando a saúde dos participantes que fazem parte do grupo placebo, ou seja, que não tomam os suplementos.

Após 8 anos de suplementação, os primeiros resultados foram publicados.

O grande estudo batizado com o nome de VITAL Study descobriu que os suplementos foram associados a uma redução de 28% nos ataques cardíacos e a outros parâmetros relacionados ao coração como diminuição da ocorrência de derrames e da necessidade de angioplastia – procedimento feito para desentupir as artérias.

Ainda de acordo com a pesquisa, os participantes que não têm o hábito de consumir peixes gordurosos fontes de ômega 3, como salmão selvagem, cavala e sardinha, foram muito beneficiados pela suplementação.

Entre essas pessoas, houve uma redução de 40% nos ataques cardíacos.

 

A gordura anti-inflamatória

Quando aliado a um estilo de vida saudável, a ciência já reconhece o poder nutricional e anti-inflamatório dos ácidos graxos ômega 3 para o bom funcionamento de todo corpo.

Além do coração, são outras diversas patologias que podem ser prevenidas e tratadas com a ajuda deste suplemento alimentar:

  • Parkinson
  • Alzheimer
  • Depressão
  • Esclerose múltipla
  • Artrite e artrose
  • Câncer

Como escolher um bom ômega 3?

peixe gorduroso ômega 3

Ômega 3 é o suplemento queridinho de médicos e nutricionistas

Pesquisas apontam que mais de 70% da população mundial sofre de deficiência deste nutriente. Isso porque as pessoas não consomem peixes com a frequência considerada ideal, pelo menos três vezes por semana.

Por isso, a versão do ômega 3 em cápsulas se tornou o queridinho da maioria dos médicos e nutricionistas.

Para fazer valer os benefícios, um bom suplemento de ômega 3 deve conter doses equilibradas e adequadas de EPA e DHA, ser ultrafiltrado, livre de impurezas e conter vitamina E na formulação para garantir a eficácia dos nutrientes.

Fuja das fórmulas que levam óleo de soja na composição.

Se você gostou desse artigo, não deixe de compartilhar com seus contatos nas redes sociais.

Fontes:

The VITamin D and OmegA-3 TriaL (VITAL): rationale and design of a large randomized controlled trial of vitamin D and marine omega-3 fatty acid supplements for the primary prevention of cancer and cardiovascular disease.

The VITamin D and OmegA-3 TriaL (VITAL)