A vitamina que previne a gripe



Está aberta a temporada de doenças de outono. Nessa época do ano é muito comum que as mudanças bruscas de temperatura peguem a gente de surpresa bem no dia em que esquecemos o agasalho em casa e também coloquem nossa imunidade à prova.

Quando bate o vento gelado, as pessoas costumam lacrar as janelas, impedindo a circulação do ar. Nós sabemos que os vírus ganham força em ambiente fechado.

Aí então os casos de gripe se alastram e comprometem o sistema respiratório principalmente de quem já possui diabetes, pressão alta, problemas pulmonares ou do coração.

Basta dar um pulo na farmácia para ver que ela está cheia de gente gastando dinheiro com antigripais que não previnem a doença – e pouco amenizam os sintomas.

Você sabia que algumas substâncias utilizadas nessas medicações são contraindicadas para hipertensos e cardiopatas? Por isso é sempre válido ler as letras miúdas da bula e das caixinhas.

Um exemplo é o cloridrato de fenilefrina, um conhecido descongestionante nasal que provoca a constrição dos vasos sanguíneos para reduzir a coriza e pode provocar taquicardia.

Outro é o famoso paracetamol, que, se consumido com frequência, pode afetar as funções dos rins.

vacina pode ser uma aliada na prevenção da doença, mas como já foi noticiado, não protege 100%.

ESTÁ GOSTANDO DESSE ARTIGO?
Insira seu e-mail e comece já a receber nossos conteúdos gratuitos e novos produtos!

* Não vamos distribuir seu e-mail

A gripe mata 900 pessoas por ano no Brasil

Diferente do resfriado, que manifesta sintomas mais brandos e raramente causa complicações, a gripe é causada por tipos diferentes do vírus influenza e é muito perigosa para idosos, bebês e pessoas com imunidade baixa. Parece uma doença boba, mas a gripe mata, em média, 900 pessoas por ano no Brasil.

Para combatê-la, todo mundo recorre à velha conhecida vitamina C. É mesmo verdade que o consumo frequente dessa substância antioxidante pode abrandar os sintomas da gripe, mas não é esse o nome da vitamina capaz de prevenir a doença.

A vitamina do sol

Para cortar o mal pela raiz nos meses mais frios, é muito importante manter níveis adequados de VITAMINA D3 no sangue durante o ano inteiro.

Além de melhorar a imunidade, a D3 aumenta a produção de uma proteína chamada catelicidina, que age no nosso corpo como um antibiótico natural muito eficaz contra infecções por vírus e bactérias.

Um grande estudo envolvendo 25 testes clínicos realizados em 14 países diferentes concluiu que a vitamina D realmente protege contra a gripe.  A descoberta foi tão definitiva no meio científico que foi publicada na renomada revista British Medical Journal“, mas infelizmente pouco divulgada nos jornais.

Mão contra o sol

A vitamina que previne a gripe

A fonte de vitamina D é de graça

Para saber se as suas taxas de Vitamina D estão dentro do recomendado, é só fazer um exame de sangue em qualquer laboratório. Embora digam que valores de referência acima de 20 ng/mL são aceitáveis, para passar o outono e o inverno longe das doenças respiratórias é importante estar com níveis sanguíneos acima de 50 ng/mL.

A receita para ampliar de forma natural a sua dosagem é bem simples: aproveite os dias ensolarados para se expor ao sol durante 20 minutos com braços e pernas à mostra sem filtro solar.

Se for necessário, também é possível incluir suplementos de Vitamina D na sua rotina. Converse com seu médico de confiança sobre a dose adequada para você.

Gostou desse conteúdo? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais.