3 soluções eficazes para baixar a pressão naturalmente



Quando o assunto é pressão alta, eu costumo ouvir histórias de famílias inteiras que carregam no DNA a hipertensão, ou de médicos que dizem que a razão para alguém não ser 12 X 8 é idiopática (ou seja, desconhecida).

O fato é que o grande feito do Projeto Genoma – que gastou bilhões para investigar a origem genética das doenças – foi evidenciar que, muito mais do que a sequência de genes, o meio ambiente e seus hábitos são bem mais influentes na manifestação de sintomas graves como uma pressão nas alturas.

Então se você está lendo esse texto e faz uso de drogas diuréticas como captopril e outras, esqueça um pouco a genética da vovó e foque em hábitos que realmente podem te fazer um 12 X 8.

As 3 soluções abaixo podem te ajudar na missão de baixar a pressão naturalmente. Confira!

#1 – Volte à alimentação dos seus ancestrais

Invista em vegetais, castanhas, carnes e raízes

O mundo de hoje é muito diferente daquele em que nossos ancestrais viviam. Naquela época, os seres humanos tinham ar, água e solo puros.

Tudo o que eles precisavam, em termos nutricionais, conseguiam da natureza, como animais selvagens, peixes, nozes e etc.

Agora, nossa alimentação é refinada, industrializada, embebida em óleos vegetais . Nosso solo está espoliado de nutrientes e cheio de fertilizantes sintéticos.

E os estudos são claros. Eles mostram que os índios locais do Brasil, quenianos rurais e nativos de Papua-Nova Guiné têm pressões sanguíneas de, em média, 103/63 mmHg.

Depois dos 61 anos, não é diferente. As pessoas dessas culturas não apresentam esse problema. Então em vez de olhar para o gene da sua avó, busque se alimentar com o que os seus antepassados comiam.

Estão na lista: vegetais, castanhas e sementes, frutas, peixes, carnes, raízes e tubérculos. A dica é descascar mais e desembalar menos!

#2 – O nutriente pré-histórico da pressão 12 X 8

Fígado é rico em coenzima Q10

Existe um nutriente que nossos ancestrais ingeriam por meio da dieta que nós não ingerimos: a coenzima Q10.

Trabalhos mostram que níveis ótimos de COQ10 podem fazer a pressão arterial cair de de 17 para 11 mmHg na pressão sistólica e 10 para 8 mmHg na pressão diastólica.

Um estudo publicado na respeitada revista médica Journal of Human Hypertension confirma isso.

Na Índia, pesquisadores testaram se uma dose de 120 mg por dia de Coenzima Q10 traria benefícios para pacientes que já sofriam de pressão alta ou tinham doença arterial coronariana.

Após 8 semanas, o grupo que tomou CoQ10 apresentou diminuição da pressão sistólica em uma média de 12 mmHg e da pressão diastólica em uma média de 6 mmHg em comparação com o grupo que tomou placebo.

Todas as células do nosso corpo precisam de Coenzima Q10. Ela é o combustível essencial para que o coração consiga bombear sangue por todo corpo com eficiência e indispensável para o bom funcionamento de todos os órgãos vitais.

Após os 30 anos, nossos estoques naturais dessa substância cardioprotetora vão se deteriorando dia após dia, por isso, lembre novamente da dieta dos seus ancestrais.

Coma vísceras como coração de galinha e fígado, pois os miúdos dos animais são fontes riquíssimas de Coenzima Q10.

Se você torce o nariz para os órgãos de animais – ou já está no alvo da doença cardíaca, com pressão alta ou placas de gordura instaladas nas veias – a sugestão é suplementar o nutriente.

A dosagem recomendada de Coenzima Q10 é de 100 a 200 mg ao dia.

#3 – Água de alho para derrubar a pressão

água de alho

Água de alho ajuda a baixar a pressão

Essa receita diferente eu aprendi com o meu amigo Daniel Forjaz, biólogo especializado em plantas medicinais que faz parte do time da parceira Jolivi.

É a água de alho. Você acredita que uma bebida simples dessas age como um potente inibidor da angiotensina, ou seja, possui função semelhante a do medicamento Losartana?

E não sou eu e nem o Forjaz que estamos dizendo isso.

Em um estudo realizado na Austrália, o bom e velho alho desempenhou ação semelhante à medicação convencional, diminuindo a pressão arterial (PA) em cerca de 10 mmHg sistólica e 8 mmHg diastólica.

Eu aposto que você quer a receita. Então anote aí:

Receita de água de alho:

Descasque e parta ao meio três dentes de alho médios
Coloque em 1 litro d’água
Beba ao longo do dia

No final do dia, o alho poderá ser usado para cozinhar. No dia seguinte, use novos dentes de alho.

 

Eu espero que esse conteúdo tenha sido útil para você. Se curtiu, compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

 

Fontes:

Hypertension. 1989 Sep;14(3):238-46;
J Hum Hypertens. 1999;13(3):203-208;
J Hum Hypertens. 2007 Apr;21(4):297-306.
Karin Ried and Peter Fakler Potential of garlic ( Allium sativum) in lowering high blood pressure: mechanisms of action and clinical relevance. Integr Blood Press Control. 2014; 7: 71–82.